“Santas Missões na Paróquia… Resolução firme de fazer-me religiosa e religiosa missionária”

madre Dones a Gudivada, 1951

Madre Dones em Gudivada, na Índia, em 1951

Giuseppina Dones nasceu em Seguro di Settimo Milanese no dia 8 de janeiro de 1880. Ela era a sétima entre os dez filhos de Dionigi e Gerolama Vallè. Com 18 anos de idade decidiu tornar-se irmã missionária e no dia 16 de julho de 1899 entrou no Instituto das Irmãs da Reparação (fundado por Pe. Salerio, PIME), no qual fêz a profissão religiosa no dia 28 de outubro de 1902. Até o ano de 1916 trabalhou em diversas comunidades da sua congregação com crianças e moças em dificuldade, até que no ano de1917 foi destinada a trabalhar na expedição da imprensa missionária do Instituto das Missões Estrangeiras de Milão. Foi neste serviço que teve a primeira intuição a respeito da necessidade de pessoal próprio para a animação missionária. Durante dois anos ela guardou no coração o sonho de uma nova família religiosa feminina animada pela mesma paixão missionária do PIME, até quando compartilhou o seu desejo, primeiramente com o Pe. Paolo Manna, PIME, em 1919, e depois com a jovem Giuseppina Rodolfi, em 1927. Ela acompanhou durante vários anos, com sabedoria e discrição as diversas etapas da realização do projeto, procurando que se cumprisse em tudo somente a Vontade de Deus.

“Se Deus quiser, se for esta sua vontade… será feito. Abandonar-se em Deus, ficar no próprio lugar com muita calma. Se Deus quiser abrirá o caminho e providenciará os meios para a atuação”

madre dones

Madre Dones em visita no Brasil em 1958

Quando, em 1934, o Capítulo geral do PIME aprovou a fundação, Dom Lorenzo Maria Balconi, o novo Superior geral, pediu oficialmente às irmãs da Reparação para colocar à disposição a Madre Dones para ajudar nos primeiros passos da nova Congregação missionária. No dia 8 de dezembro de 1936, Madre Dones, dá vida, oficialmente, às Missionárias da Imaculada, juntamente com Giuseppina Rodolfi, e logo acolhe e se dedica à formação de outras jovens que compartilham a mesma paixão missionária e se preparam para partir para as missões.

No dia 10 de janeiro de 1948 Madre Dones deixou definitivamente o Instituto das Irmãs da Reparação e tornou-se membro da nova Congregação missionária, que guiou, como Superiora geral, de 1948 a 1963. Em 1951 visitou as primeiras missões abertas na Índia e em 1958 as missões do Brasil.

Faleceu em Milão no dia 8 de maio de 1967.

No dia 14/10/2006, o IX Capitulo geral a proclamou fundadora da nossa Congregação, juntamente com a Me. Igilda Rodolfi.

“Tornemo-nos santas, caríssimas irmãs: nada existe na terra que se possa comparar com a alegria de uma pessoa totalmente consagrada a Deus, de uma pessoa que reza, trabalha e se sacrifica para o advento do Reino de Deus”

©2019 Missionárias Da Imacolada PIME - credits: Mediaera Srl

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?